Ruas no entorno do Mercado Municipal passam por reordenamento viário

Mudanças que foram realizadas pela NitTrans integram as ações que estão sendo desenvolvidas pela Prefeitura de Niterói com o objetivo de reurbanizar a região 
2 (2).png

Mudança de mão na Av. Washington Luís

3 (2).png

Mudança de itinerário das linhas de ônibus 22, 62 e 43

A partir desta segunda-feira (20), a NitTrans iniciou o reordenamento viário em ruas do entorno do Mercado Municipal de Niterói, no Centro. A Avenida Washington Luís, via de ligação entre as avenidas Jansen de Melo e Feliciano Sodré, passaram a operar em sentido único de circulação de veículos. Também houveram mudança nas ruas Desidério de Oliveira, Presidente Castelo Branco e Santo Antônio.

A Rua Desidério de Oliveira passa a operar em mão dupla em toda a sua extensão, e é implantado estacionamento nos dois lados da via. A Rua Presidente Castelo Branco continua sendo mão única, porém seguindo em direção à Avenida Feliciano Sodré. Já a Rua Santo Antônio, paralela à Desidério de Oliveira, tem sentido único em direção à Avenida Washington Luís.

As linhas de ônibus que antes acessavam a Avenida Washington Luís a partir da Rua Desidério de Oliveira tem o itinerário modificado. A partir de segunda-feira (20), as linhas acessam a Rua Presidente Castelo Branco e depois a Rua Santo Antônio para, assim, cruzar a Avenida Washington Luís, saindo na pista da via que dá acesso à Avenida Feliciano Sodré. O ponto de ônibus na Rua Desidério de Oliveira foi realocado para a Rua Santo Antônio. 

As mudanças viárias que são realizadas pela NitTrans integram uma série de ações que a Prefeitura de Niterói iniciou com a participação de diferentes órgãos públicos, tendo como objetivo reordenar e reurbanizar a área pública do entorno do Mercado Municipal, que deverá ser inaugurado no segundo semestre deste ano. Para isso, estão sendo realizadas diversas reuniões com representantes de todos os setores envolvidos nas ações.

Nesta semana, como parte dessas ações também, equipes da Secretaria Municipal de Assistência Social realizaram a abordagem e sensibilização com as pessoas em situação de vulnerabilidade social que estavam em áreas no entorno do Mercado Municipal. A ação contou ainda com agentes da Secretaria de Ordem Pública e equipes da Clin. Vale ressaltar que a legislação brasileira não permite o acolhimento compulsório. A pessoa precisa querer e aceitar ir para um dos equipamentos oferecidos pelo governo municipal. 

De acordo com o secretário municipal de Assistência Social e Economia Solidária, Elton Teixeira, ações como esta serão realizadas de forma permanente nesta região. Ele destaca que a Secretaria atua de forma ininterrupta nas ações de abordagem social especializada.

“Nossa equipe de abordagem social faz rondas preventivas com regularidade no local, como em outras regiões da cidade. Nossos técnicos fazem o cadastro para os benefícios socioassistenciais, verificam a necessidade de segunda via de documentação e também oferecem acolhimento institucional”, explica o secretário.